Ensine pelo Exemplo e Ganhe um Amigo!

Quer algo mais legal do que ensinar o seu filho e ver que ele gosta também das coisas que te dão prazer? Com a proximidade do dia dos pais e alguns posts relativos à interação pais e filhos, resolvi escrever um pouco sobre isso.

Nunca forcei o Natan a gostar de esportes, mas era meio improvável que ele não gostasse, já que me vê sempre fazendo alguma coisa diferente. Com a idade que está já é possível fazermos juntos várias coisas legais, como o Projeto Pais e Filhos, que nada mais é do que fazer algum tipo de aventura ligada aos esportes juntando os pais e seus… filhos! 🙂

E é muito legal estar junto com seu filho, fazendo coisas que os dois gostam. A interação é diferente, e não é preciso ser aquele cara chato que tem que mandar arrumar a cama, fazer a lição e escovar os dentes. Naquela hora o filho deixa de ser um pouco filho para se tornar mais amigo; uma pessoa que está ao seu lado para também ter prazer e se divertir com a aventura que está rolando.

Junto com a atividade, que é ótima para o corpo, vem também outras lições, que a criança aprende de forma prática: não jogar lixo na rua, cuidar da natureza e dos animais, respeitar o próximo e tantas outras coisas que são muito mais legais de se ensinar desta forma do que no banco de uma escola.

Mas cuidado para não forçar, ele tem que ir no seu próprio ritmo, aos poucos. Os desafios têm que ser condizentes com a idade. Nada de querer levar a criança para o Pico Paraná ou fazer um pedal de 30 quilômetros. Deixe o tempo reforçar a sua estrutura física e o gosto de aventura chamar por desafios maiores. Se ele ainda é pequeno lembre-se que vocês têm a vida inteira para desfrutar da companhia um do outro!

Comments

  1. Luiz says:

    Isso mesmo, ganhe um amigo(a) que não te deixa ficar no sofá num dia de sol! Ainda mais em Curitiba 🙂

  2. xampa says:

    Muito legal. No domingo, na casa da minha mãe, coloquei uma cadeira na sala e outra no quarto dela. Mostrei para o Gabriel a corrida que íamos fazer. O moleque ficou alucinado. Já começou a inventar que tinhamos que pegar os bonecos a cada volta e colocar na cadeira. No final, ele terminou mortinho e feliz. Muito bom.

  3. Renato says:

    Legal, mês passado levei a minha filha ao moro do Canal. Ela adorou a experiência.

  4. marco barbosa says:

    Não existe melhor compania que a de nossos filhos.
    E o nosso melhor conselho é o exemplo.

    To contigo.

    Abraços

    Marco

  5. Matheus says:

    O Ministério da Saúde recomenda: “A presença e a companhia dos filhos faz muito bem a saúde dos pais”. Definitivamente não tem preço.

    Forte abraço.

  6. Neto Goulart says:

    Realmente a compania do filho é algo que não tem preço e nem comparação. Neste final de semana, peguei meu pequeno e fomos até o São Lourenço dar umas pedaladas, já que ele me vê pedalando todo o dia. Foi muito bom e realmente acaba rejuvenescendo nosso espirito.