Cerveja e Esportes: Esta Mistura Combina?

Eu raramente bebo, mesmo quando não estou fazendo alguma atividade esportiva. Não é promessa nem culto ao corpo, é desgosto pessoal mesmo. De vez em quando tomo um vinho e raramente bebo uma cerveja.

O álcool e os esportes, para mim, não combinam. Gosto de estar 100% lúcido para fazer os esportes que adoro. Mas no ano passado, quando estávamos no terceiro dia do Circuito Vale Europeu, paramos as bicicletas em um posto de gasolina para comprar algum lanche e minha vida mudou. 🙂

Fui na seção das bebidas e não achava nada interessante para beber. Olhei, olhei e nada. Refrigerante quase só bebo em ocasiões em que tenho que repor grande quantidade de açucar, e isso são nas provas mais duras, como as corridas de aventura. Fiquei ali pensando e foi quando apareceu na minha frente uma cerveja sem álcool: a Liber.

Pensei que uma cerveja bem gelada iria bem, ainda mais sem álcool. Comprei e provei. Daquele dia em diante acabei virando um fã. O sabor é bom; melhor do que só tomar água pura, e me parece não ter os problemas inerentes dos refrigerantes.

Segundo o site da Ambev, uma latinha da Liber possui aproximadamente 88 calorias, o que é um ótimo repositor energético, além de hidratar muito bem.

Assim, quando eu posso, bebo uma Liber bem gelada nas minhas aventuras. Já tomei a Kronenbier, mas ainda prefiro deixar ela como segunda alternativa, quando não encontro a Liber. Achei-a muito amarga para o meu gosto.

No Trekking de 50km eu me surpreendi quando chegamos num boteco de estrada, lá pelo quilômetro 40. Perguntei se teria uma cerveja sem álcool, já sem esperança, mas a senhora me tirou uma Kronenbier geladíssima do balcão. Foi o ponto alto da caminhada! 🙂

No final das contas o negócio é não ter preconceito. Se o cara gosta de beber cerveja no meio da atividade esportiva, mesmo com álcool, que aproveite. Se faz bem para ele, está valendo e eu até tomo um gole. Mas para me satisfazer mesmo tem que ser uma latinha bem gelada de uma Liber.

Comments

  1. xampa says:

    Gosto de uma cerveja em alguns momentos.
    Já bebi muito mais, hj me controlo. Pq as vezes não cai bem. No meio de uma atividade física nem pensar.
    Refri apenas para repor apos alguns treinos, qdo estou de ressaca ou com caganeira, hehehehe
    Valeu.

  2. marco aurelio says:

    Adoro uma boa cerveja bem gelada.
    Creio que com moderação, ela não faça mal.
    Qto ao refrigerante, para mim nada substitui uma coca-cola gelada qdo vc esta no meio de uma prova de aventura ou num pedal mais longo.

    Abraços.

  3. Luiz says:

    Bicho, existem duas categorias de atletas. Aqueles que não bebem para melhorar suas marcas e aqueles que fazem algum esporte pra poder beber.

    Eu estou na segunda categoria. É claro que antes de uma prova qualquer é necessário tomar com muita moderação pois o alcool cobra seu preço no tempo final.

    A cerveja gelada depois da corrida (com alcool pelo amor de Deus!!) é impagável!

    Keep Walking!

  4. Não importa o tempo de duração, se vai levar uma tarde ou vários dias, se é longe ou próximo: não há nada melhor do que comemorar tomando aquela cerveja gelada. E com álcool, claro. Falando nisso, desça duas aí, por favor 😉