Família que Treina Unida, Permanece Unida!

Tudo na vida é uma questão de equilíbrio, e isto inclui também os esportes e a família.

Não adianta achar que se você adora esportes a sua família irá adorar também. Saber incentivá-los sem estressar ninguém é uma arte que você deve melhorar com o tempo.  Mostre os valores da prática esportiva e as vantagens de se exercitar. Se você der o exemplo eles verão que é legal pedalar, correr e surfar, e até poderão te utlizar como um modelo, como um objetivo a ser seguido.

Envolver a família é algo fundamental para os esportistas que são casados e têm filhos. Não adianta você ser aquele louco alucinado por esportes e bater as suas marcas, se o lado familiar não está andando bem.

Nas duas últimas semanas tive a felicidade de fazer treinos com a minha família. Na semana passada, pedalamos no sábado; ontem, quando passava o final de semana em Florianópolis, corremos no parque de Coqueiros.

No pedal fizemos um passeio legal com as esposas. Como no domingo iríamos fazer a Corrida da Comunicação, resolvemos unir as coisas, pedalando um pouco, mas sem compromisso.

O Marco e a Bia vieram até minha casa e saímos dali em direção ao Barigui. Estava um pouco frio e as descidas ficavam geladas. Nestas horas uma boa camiseta de manga comprida, de suplex, ajuda bastante cortando o vento e te mantendo aquecido.

Pedalamos 20 quilômetros sob a forma de passeio, o que ajudou todo mundo: as meninas tiveram um bom condicionamento físico e nós um ótimo aquecimento para a corrida do dia seguinte.

No parque de Coqueiros fiz um passeio com o Natan, levei-o até os brinquedos das crianças e também nas máquinas de exercícios. Depois, caminhamos um pouco e também corremos, sempre fazendo o que ele queria, e direcionando para as atividas físicas. Assim ele se exercita, fica feliz, e está aprendendo cada vez mais a gostar dos esportes. O ponto alto dele foi a caminhada que fizemos no Anhangava, super bem para uma criança, e mostrando o potencial que ele tem.

A Bel aproveitou a companhia da Rachel e da Sandra, nossas amigas/irmãs de longa data e deram várias voltas caminhando pela pista do parque, colocando a conversa em dia.

Deste jeito, sem forçar nada e de forma bem construtiva, nos exercitamos em dias que não seriam de treinos.

Esta é uma sementinha que vai crescendo e levando a paixão por esportes cada vez mais fundo no Natan. A Bel, que sempre está na correria, também adora estes momentos, e vê que estes passeios/treinos unem mais a família, fazem bem para o físico e também para a alma, deixando a gente mais unido e feliz.

Sorte a minha que tenho uma família como esta! 🙂

Comments

  1. […] vez fazia mais de um ano, e eu não queria deixar passar 2009 em branco. Ele está crescendo e tento introduzir os esportes de aventura na sua vida, de forma divertida e […]