Circuito Vale Europeu – Quinto Dia: Doutor Pedrinho a Alto Cedros

No dia 15/07/2009 partimos para o quinto dia de pedal pelo Circuito Vale Europeu. Saímos de Doutor Pedrinho em direção a Alto Cedros, distrito de Rio dos Cedros. O Sol, que havia nos acompanhado nos últimos três dias resolveu ir embora, baixando as temperaturas e deixando o dia nublado.

Tomamos um ótimo café da manhã na Bella Pousada e partimos pelas 09:30h para mais um dia de pedal. Logo na saída, a menos de 200 metros da pousada, o pneu da Bia furou e tivemos que parar para consertar. Como foi o primeiro furado no Circuito, até nos surpreendemos como havia demorado tanto. A Bel, que nunca havia visto trocar um pneu em bicicleta, tirou várias fotos do procedimento… 🙂

O trajeto parece ser mais plano neste dia, mas é só impressão. Com ascenção de 840 metros, ele está cheio de descidas e subidas. Nada muito longo, mas algo constante, ao longo de todo o pedal. Se o dia anterior, no início da parte alta, já começava a parte isolada do circuito, este se mostrou o mais ermo de todo o trajeto. Já ao sair de Doutor Pedrinho a civilização foi embora e nem na chegada a Alto Cedros ela voltou. São só estradinhas de interior, pouquíssimas casas e muita paisagem verde por todos os lados.

Definitivamente o sol ajuda, em muito, a beleza do trajeto. Este dia era realmente bonito, mas como estava nublado perdeu-se muito do encanto. Também não paramos na cachoeira indicada na planilha, pelo frio, e também pelo tempo não muito convidativo.

As plantações de arroz ficaram para trás e deram lugar aos pinheiros, dominados pela Batistella, indústria de madeira e reflorestamento.

Perto das 13:00h encontramos um pedaço da estrada toda enlameada. Não tivemos dúvidas e entramos no reflorestamento para não sujar as bicicletas. Ali uma ótima surpresa nos aguardava: dois cogumelos grandes e vermelhos, iguais aos de histórias de fadas, nos esperavam para serem fotografados.

Passamos também por dois ribeirões. O primeiro deles eram mais fundo e não valia a pena tentar atravessar pedalando. A chance de pegar um limo e escorregar com a bicicleta era grande. Tiramos os tênis e meias e a água gelada acordou quem ainda estava dormindo. O segundo ribeirão era bem rasinho e foi atravessado no pedal mesmo.

Chegamos a Alto Cedros às 16:15h, sendo recepcionados pelo Raulino e seu fusca azul. Ele é o responsável pela hospedagem no local e a pousada atende pelo nome de Família Duwe ((47)  9987-0171). Ao invés de pegar um atalho e nos transportar por um bote até a sua casa, nos fez andar mais uns quatro quilômetros entre subidas e descidas, até chegarmos numa das casas que possui para alugar.

Depois que descobriram que era muito mais fácil cruzar a represa de bote, as meninas ficaram muito bravas com ele.

Dica: ao fazer a reserva com o Raulino combine com ele para que pegue vocês de bote para a travessia da represa. Isso vai economizar muita subida e descida desnecessária.

Mas o local compensou!

Alto Cedros é um local de férias. Uma represa repleta de casas de veraneio em toda a sua extensão. O Raulino é uma espécie de zelador  dos moradores e aluga as casas fora de temporada. Ficamos numa casa simples, mas a união de todos, embaixo do mesmo teto, foi muito legal. Até fizemos fogo na lareira, mas logo tivemos que apagá-lo: a fumaça invadiu a casa e nos deixou todos cheirando e rindo sem parar. 🙂

De noite fomos jantar na casa do Raulino: comida caseira, bom papo e um pouco de histórias de quem vive muito isolado. Eles mesmos fazem os alimentos essenciais e, nos finais de semana, promovem uma feira entre os outros habitantes do vilarejo, para comprar, vender e trocar bens de necessidade básica.

Antes de dormir o Markito mostrou que as necessidades básicas dele estavam reunidas num saco plástico que segurava em suas mãos. Ali estava toda a roupa e pertences que usava no Vale Europeu naqueles dias. Vida simples, meu amigo! 🙂

Domirmos cedo. O próximo dia seria mais um pedal pelas ermas paragens da parte alta do circuito.

Resumo do dia: saímos as 09:30h, chegamos às 16:30h, pedalando 40km e queimando 2.584 calorias.

Veja abaixo o vídeo deste dia, com participação especial do Raulino Duwe:

Veja também:

Comments

  1. […] Circuito Vale Europeu – Quinto Dia: Doutor Pedrinho a Alto Cedros […]

  2. […] ← Circuito Vale Europeu – Quinto Dia: Doutor Pedrinho a Alto Cedros […]