A Trilha Sonora dos Vídeos de Esportes de Aventura em 2009

No último artigo eu contei sobre como faço os meus vídeo de esportes de aventura. No final falei um pouco das músicas que coloco e como isso é importante para o resultado final.

Para deixar isso um pouco mais claro, resolvi colocar aqui a relação de músicas que utilizei e explicar um pouco sobre cada uma delas.

Se não viu algum destes vídeos, aproveite agora. Os primeiros são mais simples, pois eu começava a aprender a editar. Não que eu saiba muita coisa, mas pelo menos já consigo me virar melhor! 🙂

Você verá que a maioria das músicas não é atual nem é muito conhecida. Eu gosto assim! Quero que a relação da pessoa que vê o vídeo seja única, assim como as músicas que escolho para eles. Aqui você nunca vai encontrar os sucessos do momento. 🙂

Pedal Serrinha – Evil Ways – Santana: O pedal foi de volta ao passado; fazia um tempão que não passava pela serrinha. Evil Ways me lembra os anos 70. Acabei descobrindo que Santana é ótimo para trilhas sonoras. O ritmo é sempre para cima e gostoso de escutar.

Mountain Do 2009 Costão – Fantasy Island – M People: definitivamente eu sempre procuro músicas que tenham bom astral. Fantasy Island é uma delas.

Corrida 12km Montanha I’ll be Waiting – Santana: essa é uma música alegre, que casou com a música. Não sei porque mas me lembrou um dia daqueles de outono, com ótimo sol e levemente frio; exatamente como estava o dia do evento.

Corrida da Comunicação – Jolene – Dolly Parton: Se você notar a letra desta música vai ver que ela não tem nada a ver com o tema. É até engraçada! Mas a música é forte e te leva para a frente, bem o que uma corrida de rua precisa.

Pedal Pacotuba – Peace Train – Cat Stevens: nada melhor do que Cat Stevens para um pedal sem compromisso, em Almirante Tamandaré, com uma amigo alternativo do Markito, o Sadi. Bem roots.

Pedal Quatro Barras Treino Bel – Great Balls of Fire – Jerry Lee Lewis: Aqui resolvi fazer um pouco de graça, acelerando o vídeo e colocando um rock’n’roll bem anos 50 com o Jerry Lee Lewis. Acho que casou muito bem.

Pedal Cerne 130km – Do it Again – Steely Dan: Este pedal foi especial, algo pensado a mais de 20 anos. A música tinha que ser especial também e Do it Again lembra a minha infância. É uma música que eu ouvia em alguma propaganda de TV, com alguém surfando. Encaixou muito bem e a levada é contagiante.

CVE 1 – Chuva no Brejo – Marisa Monte: não gosto de colocar músicas nacionais nos meus vídeos. Não é preconceito, mas acho que as letras interferem com as pessoas falando. Esta foi uma das poucas exceções. Encaixou bem e cita a chuva, algo que nos acompanhou neste primeiro dia do Circuito Vale Europeu.

CVE 2 – Hold On – Santana: Mais uma vez, Santana. Esta música é tão alto astral que me arrepio só de escutá-la! É um contraste enorme com o vídeo e a música do dia anterior. Saímos da chuva e encontramos um sol maravilhoso. A música refletiu também esta mudança. HOLD ON!!! 🙂

E tem também coincidências maravilhosas que acontecem algumas vezes com vídeo e música. Neste vídeo toda a parte do solo caiu certinho quando filmei a Bel dando um gás num reta (lá pelos 02:54). Ficou perfeito!

CVE 3 – Go Your Own Way – Fletwood Mac: Tem pessoas que não gostam desta música, acho que é porque ela demora para crescer. Mas o refrão é tão contagiante que não resisti, além do título ter tudo a ver com o que estávamos fazendo: “Go Your Own Way”.

CVE 4 – Red Ragtop – Tim McGraw: Esta ficou bem fora dos meus padrões. Descobri esta música através de um blog, que levou à música que me levou a baixá-la. É um country bem americano mas que gostei do resultado final junto com o vídeo. Bem coisa de interior, que era onde nos encotrávamos neste quarto dia: a parte alta (e mais inóspita) do Circuito Vale Europeu.

CVE 5 – Georgia Peaches – Lynyrd Skynyrd: Esta banda também é ótima para trilhas sonoras, se encaixa quase que em qualquer coisa.

CVE 6 – Only In Your Heart – America: não lembro exatamente porque escolhi esta música. Ela não é alto astral e acho que foi pelo moral do dia. Choveu várias vezes e acho que a melancolia presente nos contaminou na escolha.

CVE 7 – Na Estrada – Marisa Monte: não foi por querer, mas Marisa Monte abriu o Circuito e fechou também. Muito legal estas coincidências. Adoro isso! Em inglês tem até um termo para este tipo de coisas: serendipity. Quando estava procurando a música, pelo tempo do vídeo, bateu esta da Marisa. Com a levada que tinha e o nome “Na Estrada“, ganhou o meu coração na hora. Achei perfeita para fechar!

Trekking Treino 20km – Take the Money and Run – Steve Miller Band: Este é um vídeo curtinho e a música foi fácil de encontrar. Nada especial mas que funcionou bem.

Corrida de Aventura Prudentópolis 2009 – The Outlaw Torn – Metallica: nunco coloco músicas pesadas nos meus vídeos, mas as corridas de aventura são meio brutais. O vídeo tinha ficado enorme, quase 10 minutos, e esta do Metallica se encaixou bem. O que eu iria querer a mais? 🙂

Trekking Treino 30km – Pretty Little Ditty – Red Hot Chilli Peppers: vídeo curto também. A música é meio louquinha, mas tem tudo a ver com o vídeo, que ninguém entendeu a piada. Veja agora de novo se não entendeu. Andamos para trás e inverti o filme na edição. Resultado? No filme parece que andamos para a frente, mas na verdade estamos indo para trás. Por isso que parecemos tão estranhos caminhando. Entendeu alguma coisa? 🙂

Dia Mundial Sem Carro – Passenger – Iggy Pop: alto astral com Iggy Pop. E o título combinou muito bem. Fui um passageiro de um dia sem carro em Curitiba. Muito bom!

Sete Suicida – Everything’s Coming Our Way – Santana: nem preciso falar mais nada. Mais uma música alto astral do Santana.

Maratona Descalço –  Angel St – M People: músicas bem marcadas, com um bom BPM, se encaixam muito bem em corridas. M People ficou perfeita aqui. Não atrapalhou em nada as narrações e, pra variar, ficou alto astral.

Corrida de Aventura em Antonina 2009 – The Forgotten – Joe Satriani / Maybe I’m A Leo – Deep Purple: primeiro vídeo que coloquei duas músicas. Uma na introdução e outra na história. Aqui quis fazer um paralelo entre as minhas sensações antes da prova e depois que ela começa. A tensão vai crescendo na introdução até explodir na hora da largada. É quando eu relaxo e “curto” a corrida com Deep Purple, banda que já foi heavy metal algum dia. Hoje é uma boa levada de hard rock. 🙂

A música é uma constante na vida de todas as pessoas. Prova disso é uma frase que escutei a um tempão atrás: “A música é a trilha sonora da minha vida“. Nada como juntar ela a alguns dos meus melhores momentos deste ano! 🙂

E esta foi a minha produção de vídeos de aventuras neste ano de 2009. Um ano que aprendi muito e cresci nos esportes de aventura. Só tenho a agradecer a todos que participaram deste processo. Muito obrigado!

Sucesso e paz!

Comments

  1. milton "amendoim" says:

    E ae tubo bom? Conversamos na hunger bikes hoje a tarde. Então trabalhei com edição um bom tempo e devo admitir que a musica influencia muito nas edições. Vi muitas pessoas se emocionando com uma boa edição e uma boa ” trilha ” sonora.